AMBFFM IMPLANTARÁ PROJETO CASINHA DE CULTURA POR MEIO DE CONVÊNIO COM A FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL


         
PROJETO CASINHA DE CULTURA: FORTALECENDO VÍNCULOS COMUNITÁRIOS


O Projeto Casinha de Cultura: Fortalecendo vínculos comunitários foi aprovado por meio do edital do Programa Voluntariado BB FBB publicado em 2018 e encerrando em janeiro de 2019. O objetivo do edital é:  apoio a projetos sociais desenvolvidos por entidades sem fins lucrativos que tenham a atuação de Voluntário BB, em iniciativas de promoção da cidadania, geração de trabalho e renda, cuidado ambiental, educação, cultura, esporte e saúde, visando a inclusão social e produtiva dos públicos priorizados pela Fundação Banco do Brasil.

A Casinha de Cultura é uma tecnologia social certificada pelo Banco de Tecnologias Sociais da Fundação Banco do Brasil.

O Projeto Casinha de Cultura: fortalecendo vínculos comunitários, propõe um dialogo  constante com os membros da comunidade atendida replicando tecnologias sociais que promovem a participação familiar e comunitária. Tem como voluntário o Sr. Ivanaldo Zacarias da Agência do Banco do Brasil de Assú.

A premissa do brincar junto permite um fortalecimento das famílias e da comunidade, resgatando brincadeiras, trocando saberes e envolvendo a comunidade. Com as ações propostas crianças, adolescentes, jovens e adultos terão as mesmas oportunidades de acesso sem distinção de gênero, credo ou etnia.

Com o objetivo geral promover a inclusão social, o resgate e a valorização da diversidade cultural comunitária, através da implantação da tecnologia social Casinha de Cultura, na comunidade do Frutilândia. A casinha de cultura será um espaço onde buscamos fortalecer o resgate da cultura que está esquecido devido as tecnologias, ou seja as crianças já não brincam com os brinquedos que brincava antigamente, hoje as crianças brincam com celulares e tablets e o o projeto incentivará o resgate da Bola de gude, pião, pipa, barra bandeira ,elástico, corda etc... 

O projeto permite o reconhecimento da própria comunidade como espaço de valorização de saberes e fazeres que se sustentam e se fortalecem no compartilhamento entre os membros da própria comunidade. Com ações permanentes e pontuais com foco nos objetivos de desenvolvimento sustentável onde se espera a valorização das questões de gênero, igualdade e equidade inserindo atividades iguais para meninos e meninas, realizando  rodas de conversas e oficinas de fortalecimento dos vínculos familiares abordando  questões sociais e comunitárias com enfoque nas temáticas, reflexões sobre o racismo preconceito e violência e suas consequências. Fortalecimento do empoderamento feminino com encontros de gerações na aplicação das tecnologias sociais que permitam a ampliação dos espaços de discussão e publicização dos saberes comunitários.

O projeto terá duração de 1 ano e atenderá 140 crianças e adolescentes da comunidade.  
As oficinas serão:
Brinquedoteca
Dança
Música
Artes manuais